FIFME - Federação Internacional de Futebol de Mesa

HOME

NOTÍCIAS

e-Shop FIFME

MAPA DO SITE

CONTATO

BOLA ROLANDO:

EM ANDAMENTO
AMISTOSOS
.- FUTSAL
TORNEIOS
ELIMINATÓRIAS
CAMPEONATOS
.- COPA ROCCA
.- INTERCONTINEN.
.- CHAMPIONS
COPAS DO MUNDO
CLUBES
.- TORNEIOS
FUTSAL

FEDERAÇÃO:

LIGA DE SELEÇÕES
.- MASTERS
LIGA DE CLUBES
LIGA DE FUTSAL
.- ANTIGA LIGA
.- SUB-17
.- VÁRZEA
LIGA DE PRAIA
.- GAÚCHA
LIGA PRÓ
SUBBUTEO LEAGUE
CONFEDERAÇÕES
ESTÁDIOS
SEDE & INFRA
ARBITRAGEM
.- REGRAS
PRESIDÊNCIA
.- ESTATUTO

BOTÕES:

TODOS BOTÕES
.- ÍNDICE
.- ESPECIAIS
.- COLEÇÕES
.- .- CBF
EX-FILIADOS

 

 

Topo

Metade da 3ª rodada classificatória do mundial de Beach Soccer é realizada, confira como está a briga pelas quatro vagas às semifinais

Na abertura da 3ª rodada da fase classificatória do Beach Soccer World Championship, o Uruguai, apesar de uma certa dificuldade, venceu o país anfitrião do mundial, os Estados Unidos, por 5x3, e permaneceu vivo por uma das vagas do grupo A. O resultado foi ruim para o Brasil que, apesar de ter ganho as duas partidas que realizou - dos Estados Unidos e do próprio Uruguai -, pode ficar de fora das semifinais caso perca o jogo que fecha a chave contra a Holanda. Um empate no Choque-Rei classifica o time canarinho.

Já a Laranja tem "missão impossível" diante do Brasil, só se classifica se vencer por 10 gols de diferença. Uma vitória por uma diferença de gols inferior classifica o Uruguai como campeão do grupo.

Zoom
Clássico ibérico toma corpo pela primeira vez na areia - Portugal x Espanha. Jogo chave para as seleções que brigam por uma vaga na repescagem

Pelo grupo B, a Eurásia chegou a sua segunda vitória ao bater a Colômbia por 6x2, assumindo a liderança provisória da chave. O time do grande continente agora torce por um empate entre Itália e Inglaterra na partida de encerramento da chave ou, ao menos, uma vitória inglesa com placar baixo e pela diferença mínima. A Itália precisa de uma vitória simples sobre o time bretão para se classificar, já os ingleses precisam vencer por uma diferença de 2 gols para ficarem com a vaga às semifinais ou, em caso de vitória por um gol, marcar 5 gols no selecionado da bota.

Mas foi no clássiico ibérico entre Portugal e Espanha, válido pelo grupo C, que as atenções se voltaram nessa metade de terceira rodada da fase classificatória. Isto, porque, em função dos resultados na somatória de todos os grupos da 1ª fase, o jogo se tornou chave para definir a seleção à ficar com a quarta vaga para as semifinais, a vaga da repescagem da melhor equipe segunda colocada dentre os três grupos.

A conjunção de pontos das equipes nos três grupos determinavam que o vencedor do clássico ibérico estaria classificado, Portugal, com 4 pontos, de olho na vaga de campeão do grupo e a Espanha, com 3 pontos, mirando a vaga da repescagem. Como a outra seleção do grupo - a Alemanha - já tinha a garantia de chegar aos 7 pontos - enfrenta a fraquíssima seleção da Argentina no encerramento da chave -, se Portugal vencesse, ambas estariam classificadas, uma com a vaga do grupo e outra com a da repescagem, independentemente de quem ficasse com qual. Mas, em caso de vitória da Espanha, esta ficaria com a vaga da repescagem por ter o melhor saldo de gols dentre todas as equipes da 1ª fase e uma pontuação que não poderia ser ultrapassada por nenhuma outra 2ª colocada, e a Alemanha ficaria com a vaga de campeã do grupo. Para que este cenário fosse alterado e a vaga na repescagem ficasse em aberto - provavelmente caindo no colo do Uruguai -, Portugal e Espanha teriam de empatar o jogo, o que faria com que ambos países morressem abraçados em sua empreitada no mundial.

No último lance, Espanha vence Portugal em sensacional virada e vai às semifinais

Enfim, dentre as hipóteses citadas acima, foi a Espanha que - de forma surpreendente -, venceu o tradicional clássico ibérico em sua primeira edição na forma do futebol de praia da FIFME. Depois de marcar 4x2 na etapa inicial, Portugal parou e acabou cedento o empate no 3º tempo. Pior, já com o tempo regulamentar esgotado e logo após Cristiano Ronaldo - que saiu do mundial sem sequer marca um único gol - perder um arremate com o goleiro fora do lance na sequência de um chute na trave do atacante Maniche, tomou um gol de falta cabrada por Inniesta. Placar final 5x4 para Espanha e os lusos eliminados do mundial.

Esse resultado garantiu a Espanha nas semifinais, o selecionado representado pelo time do Barça ficou afrente de Uruguai e Eurásia como melhor segundo colocado de seus respectivos grupos no quisito saldo gols. Os espanhóis enfretam novamente a Alemanha - tentando vingança pela derrota de 5x4 na partida em que estrearam no mundial -, que será a campeã do grupo ao carimbar sua vitória sobre a Argentina.

Tal resultado também coloca em risco a classificação do Brasil pelo grupo A. Se o time canarinho perder para a Holanda acabará atrás do Uruguai em 2º lugar do grupo e sem handcap para bater a Espanha pela vaga na repescagem, portanto, eliminado do mundial. A situação da Holanda permanece a mesma, precisa vencer o Brasil por 10 gols de diferença para se classificar, ou seja, na areia o Carrossel naufragou, e só resta à Laranja tentar frustar o sonho do Brasil e vencer o Choque-Rei - já caindo no abismo, tenta puxar o time canarinho para o fundo junto consigo.

Para o Uruguai, resta torcer para uma vitória da Holanda por menos de 10 gols de diferença, só teria chance de pescar a vaga da repescagem se o clássico luso tivesse terminado empatado. Eurásia, Itália e Inglaterra mantém as mesmas perspectivas citadas acima para seguirem àfrente no mundial.

 

17 Mai 2010

 

GALERIAS:

RANKINGS
CAMPEÕES
CAMPEÕES MUNDIAIS
GRAND SLAM
TÍTULOS
AWARDS
SALA DE TROFÉUS
HALL DA GLÓRIA
CLUBS HALL
HISTÓRIA

ESTATÍSTICAS:
RECORDS
ARTILHEIROS
GOLS DE PLACA
CLÁSSICOS
PÁGINA NEGRA
NÚMEROS
FINAIS

MULTIMÍDIA:

TV FIFME
RÁDIO FIFME
FOTOS
PÔSTERS
MEMÓRIA

MUSEU FIFME

PARCEIROS:

INTERCÂMBIO TÉCNICOS
COMPETIÇÕES
RANKINGS
PEDROOM
MCM 1900
MBC
FFM
VILA EMA
DA VINCI BOTÔES



 

Topo

Copyright©1982®FIFME
Topo | Home
FIFME Sound Track - Ouça