FIFME - Federação Internacional de Futebol de Mesa

HOME

NOTÍCIAS

e-Shop FIFME

MAPA DO SITE

CONTATO

BOLA ROLANDO:

EM ANDAMENTO
AMISTOSOS
.- FUTSAL
TORNEIOS
ELIMINATÓRIAS
CAMPEONATOS
.- COPA ROCCA
.- INTERCONTINEN.
.- CHAMPIONS
COPAS DO MUNDO
CLUBES
.- TORNEIOS
FUTSAL

FEDERAÇÃO:

LIGA DE SELEÇÕES
.- MASTERS
LIGA DE CLUBES
LIGA DE FUTSAL
.- ANTIGA LIGA
.- SUB-17
.- VÁRZEA
LIGA DE PRAIA
.- GAÚCHA
LIGA PRÓ
SUBBUTEO LEAGUE
CONFEDERAÇÕES
ESTÁDIOS
SEDE & INFRA
ARBITRAGEM
.- REGRAS
PRESIDÊNCIA
.- ESTATUTO

BOTÕES:

TODOS BOTÕES
.- ÍNDICE
.- ESPECIAIS
.- COLEÇÕES
.- .- CBF
EX-FILIADOS

 

 

Topo

Alemanha dá ao Brasil o título de Campeão da VI Copa Rocca

Saldo de Gols dá o Título ao Brasil

O Brasil ficou com o título da Copa Rocca, mesmo perdendo para a Holanda no Maracanã na última rodada do quadrangular final. A conquista veio com a vitória da Alemanha sobre a Argentina em Berlim, o resultado deixou o Brasil na liderança da fase final, empatado em pontos com a Holanda, vice-campeã, o melhor saldo de gols brasileiro deu o título a seleção canarinho, com dois gols de diferença. A Holanda precisava vencer o Brasil por 3 gols de diferença, venceu por apenas um (3x2) e com isso ficou com o vice-campeonato. Para consolo holandês, Resenbrink marcou os 3 gols da vitória sobre o Brasil e com isso se isolou na artilharia do evento com 16 gols.

A Argentina chegou para a última partida contra a Alemanha precisando de uma vitória simples para ser campeã, o mais dificil já havia acontecido, a derrota brasileira para a Holanda no Maracanã que abria a chance para a conquista porteña. Porém a seleção dos pampas não conseguiu segurar a força da Alemanha, incentivada com a possibilidade de chegar em 3º lugar - o que valia 3 pontos-títulos - e a mala-preta oferecida pela CBF para que o time germânico não perdesse para a Argentina. Em nenhum momento da partida a Argentina conseguiu fazer face a força alemã e ao término da partida, vitória germânica por 4x1. No fim, a Argentina que entrou em campo com a perspectiva de ser campeã, acabou na última colocação das finais, uma queda e tanto. No apito do árbitro, a seleção brasileira que estava presente no estádio em Berlim, invadiu o campo e comemorou junto da Alemanha a conquista da Copa Rocca. Quem poderia imaginar que um dia, Brasil e Alemanha iriam comemorar juntas a conquista de um título, duas das seleções de maior rivalidade da FIFME? Coisas que só o futebol pode proporcionar.

Pela 1ª vez a Copa Rocca fica na América

Nas 5 edições anteriores, 3 seleções européias levaram a conquista da Rocca (Alemanha, Holanda e Rússia), nesta edição, Brasil e Argentina pleitearam a taça e, com a conquista brasileira, pela primeira vez a taça da Rocca fica no continente americano. A Argentina, que viu a taça escorrer por entre os dedos tem muito a lamentar. Se fosse campeã fecharia um ano de glórias, onde venceu a Copa América e Copa Latina de Beach Soccer, além de já estar classificada para a final da II Copa Latina de Beach Soccer. Além disso, a Argentina vinha da conquista da 2ª Divisão na edição anterior da Copa Rocca, seria um grande feito a seleção ser campeã da segundona e logo na edição seguinte, campeã da primeirona. De qualquer modo a 4ª colocação da Argentina é a melhor colocação já obtida pela seleção porteña na Copa Rocca.

Equilíbrio foi a tônica das finais da Copa Rocca

Apenas 2 pontos separaram as seleções campeã (Brasil) e 4ª colocada no quadrangular final da Rocca (Argentina), o que demonstra o equilíbrio das disputas finais da Rocca. No fim a conquista brasileira premiou a seleção com melhor desempenho em toda competição, o Brasil. Apesar de ter perdido a última partida em casa, uma conquista sem festa para a torcida canarinho, o título para o Brasil foi justíssimo, premiando a seleção com melhor aproveitamento em todo campeonato dentre as finalistas e na 1ª fase.

Brasil na frente da Corrida dos Campeões

A glória brasileira foi além da simples conquista do título da Rocca. Com a conquista o Brasil passou a frente da Itália na Corrida dos Campeões, disputa que vale a conquista do Grand Slam, o Brasil agora está dois pontos a frente da Azurra, campeã mundial, e com 3 conquistas (Mundialito, Top 16 World Cup e VI Copa Rocca). O Brasil também passou á frente da Holanda no Ranking de Títulos, sendo o 1º colocado agora e, também deve assumir a liderança do Ranking Oficial da FIFME, embora a entidade ainda não tenha publicado o ranking de forma oficial ainda. Uma conquista para fechar com chave de ouro o ano de 2005 para o Brasil.

VI Copa Rocca
Quadrangular Final
Encerramento (28/11/2005)
Brasil 2 x 3 Holanda
Alemanha 4 x 1 Argentina
Brasil Campeão

 

28/11/2005

 

Ampliar
Pôster do Brasil Campeão

Ampliar
Brasil e Alemanha se confraternizaram em campo após a vitória germânica sobre a Argentina

Ampliar
A taça da Rocca, do 1º campeão (Alemanha) para o último (Brasil)

 

GALERIAS:

RANKINGS
CAMPEÕES
CAMPEÕES MUNDIAIS
GRAND SLAM
TÍTULOS
AWARDS
SALA DE TROFÉUS
HALL DA GLÓRIA
CLUBS HALL
HISTÓRIA

ESTATÍSTICAS:
RECORDS
ARTILHEIROS
GOLS DE PLACA
CLÁSSICOS
PÁGINA NEGRA
NÚMEROS
FINAIS

MULTIMÍDIA:

TV FIFME
RÁDIO FIFME
FOTOS
PÔSTERS
MEMÓRIA

MUSEU FIFME

PARCEIROS:

INTERCÂMBIO TÉCNICOS
COMPETIÇÕES
RANKINGS
PEDROOM
MCM 1900
MBC
FFM
VILA EMA
DA VINCI BOTÔES



 

Topo

Copyright©1982®FIFME
Topo | Home
FIFME Sound Track - Ouça